05 fevereiro, 2018

Censo escolar: Evasão no Ensino Médio é o que mais preocupa

Ensino fundamental puxa essa queda; educação integral registra crescimento, de acordo com dados divulgados pelo MEC


O Brasil teve uma pequena queda no numero de matrículas na educação básica. Em 2016, havia 48,8 milhões alunos no sistema educacional do país, quantidade ligeiramente maior aos 48,6 milhões registrados em 2017. O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta quarta-feira os dados do Censo Escolar da Educação Básica 2017. A concentração da queda em determinadas etapas do ensino evidencia os gargalos da educação brasileira, a redução acontece no ensino fundamental e no médio pelo quarto ano consecutivo.

De acordo com as estatísticas do MEC, em 2017 foram registradas 27.348.080 matrículas no ensino fundamental. O número é menor que as 27.691.478 computadas no ano anterior. A explicação para essa redução está relacionada principalmente à mudança no perfil demográfico da população, com menos crianças ingressando na etapa. O último ano do fundamental contribui especialmente para essa queda. Somente de 2013 a 2017, as matrículas no 9º do ensino fundamental caíram 14,2%. Apesar disso, a pasta considera a etapa universalizada com cerca de 99% de cobertura.

Como resultado da baixa no último ano do fundamental, há reflexos na quantidade de matrículas no ensino médio e menos estudantes chegam aos últimos anos da escolarização. Em 2017, foram 7.930.384 milhões de matrículas contra 8.133.040 no ano anterior. Atrelado a isso, há ainda a evasão escolar nessa fase da escolarização que, segundo o MEC, chega a 11,2%.

- O ensino médio vem sendo apontado como o grande gargalo da educação brasileira há muito tempo. O que esse dado está mostrando é algo extremamente preocupante. Continuamos o mesmo percentual de jovens de 15 a 17 anos na escola, no entanto, por volta de 65% a 66% dos jovens de 15 a 17 anos estão de fato na idade certa frequentando o Ensino Médio. A principal consequência é que boa parte dos alunos concluem o nono ano e não continuam o ensino médio. Desistem antes porque já tem atraso escolar, estão mais velhos, mais de 16, 17 anos. Eles vão embora, não vão para a escola - disse a ministra da Educação substituta Maria Helena de Castro.


Leia reportagem na íntegra no jornal O GLOBO: https://oglobo.globo.com/sociedade/educacao/censo-escolar-2017-cai-numero-de-matriculas-na-educacao-basica-22347576#ixzz56EKzQXc0stest

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Digite o que procura e pressione Enter para pesquisar