20 novembro, 2017

Material didático segue tendência da educação


Por Priciane Crocetti


Soluções Educacionais Expoente faz encarte Mão na Massa com o intuito de adaptar melhorias

Daqui 10 anos, aproximadamente 65% dos empregos disponíveis serão exercidas por tipos de profissionais que ainda não existem, de acordo com o Departamento do Trabalho. Sendo assim, os estudantes de hoje precisam desenvolver competências como criatividade, autonomia e proatividade muito mais que para outras gerações para garantir um lugar no mercado de trabalho do futuro.

Em paralelo, já existe um movimento que tem como lema: “faça você mesmo”. Em uma breve pesquisa no Google ou no Youtube, é possível notar como existem inúmeros tutoriais diferentes oferecendo a oportunidade para que cada um possa executar algo com mais autonomia. São novas formas de produzir e de trabalhar que aumentam a colaboração e o compartilhamento de informações. 

Muito difundido nos Estados Unidos, e uma tendência crescente agora no Brasil, o Movimento Maker - maker de fazer em inglês – foca mais especificamente na expressão “faça você mesmo”. O movimento promove a ideia de que as pessoas façam seus objetos e executem seus projetos com mais liberdade e autonomia.

Essa cultura tem ganhado destaque também na educação e professores estão estudando para compreender a melhor forma que o movimento possa trazer melhorias para o ensino. Um dos benefícios notados é a estimulação da criatividade e da autonomia entre os estudantes. Quando utilizadas em sala de aula, por meio de recursos tecnológicos e(ou) metodologias ativas, estimulam os alunos a construir o conhecimento e tornam as aulas mais dinâmicas.

Caderno mão na massa

Com base nestes estudos de mercado, é que as Soluções Educacionais Expoente prepararam para o 2018 uma novidade no seu material didático. Para o ano que vem, o material didático impresso ganhará um encarte especial: o caderno Mão na Massa.

A seleção dos conteúdos e das disciplinas priorizadas foi feita visando atender, da melhor maneira possível, às solicitações das escolas conveniadas.

Assim, as atividades vão contribuir para a sistematização da teoria trabalhada em sala de aula, além de preparar os alunos com mais assertividade para as avaliações e incentivá-los a estudar de maneira mais independente.

Atividades como lição de casa, revisão de conteúdos e exercícios de fixação feitos em sala, são alguns dos benefícios e usos que alcançarão professores e alunos. As sugestões de sondagem e as avaliações são formatadas de modo que possam ser fotocopiadas para aplicação em sala de aula. Todas as atividades, incluindo as avaliações, são acompanhadas de gabarito.


Acompanhe algumas das adaptações:

Ensino Fundamental I


no livro do professor, sugestões de sondagem para o 1º ano


avaliações de Língua Portuguesa, Matemática e Ciências para 2º, 3º, 4º e 5º ano.


atividades de Língua Portuguesa, Matemática e Ciências;


Ensino Fundamental II



atividades de Língua Portuguesa, Matemática, História, Geografia e Ciências (Química e Física no 9º ano).

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Digite o que procura e pressione Enter para pesquisar